Weverton mantém crescimento e aumenta vantagem sobre candidatos da oligarquia; Flávio deve ser reeleito em 1º turno e eleger os dois senadores

Por RM

Postado em 04/10/2018 11:00:34



 

O candidato Weverton (PDT) aumentou a diferença sobre os candidatos da oligarquia Sarney na eleição para o Senado, segundo pesquisa do instituto DataM divulgada nesta quinta-feira (04). O pedetista mantém a linha ascendente, observada de forma mais acentuada nos últimos 30 dias, e agora alcança o patamar de 36,2% liderando de maneira isolada a corrida senatorial – um crescimento de 6,3%, na comparação com a última pesquisa feita pelo mesmo instituto.

Weverton lidera e sua companheira de chapa, Eliziane Gama (PPS), parece em segundo com 34,6% - a “irmãzinha” também cresceu no período (5,2%). Os dois devem ser eleitos neste domingo (07) para as duas vagas no Senado em disputa no Maranhão.

Enquanto os candidatos apoiados pelo governador Flávio Dino (PCdoB) crescem na reta final de campanha, os demais oscilam para baixo. Os candidatos da oligarquia Edison Lobão (MDB) e Sarney Filho (PV), por exemplo, que largaram na frente, estão ficando para trás e perderam 0,5%, cada.

Já os tucanos José Reinaldo Tavares e Alexandre Almeida, caíram 2,5% e 0,9%, respectivamente.

Confira os números do DataM para o Senado:

Weverton Rocha 36,2%

Eliziane Gama 34,6%

Edison Lobão 22,8%

Sarney Filho 20,9%

José Reinaldo Tavares 7,2%

Alexandre Almeida 6,6%

Preta Lú 1,7%

Samuel Campelo 1,5%

Saulo Pinho 0,9%

Saulo Arcangeli 0,6%

Iêgo Bruno 0,1%

Não sabem ou não responderam 38%

Nenhum deles 28,7%. 

Flávio vai garantindo reeleição em 1º turno

 

O mesmo levantamento revela que o governador e candidato Flávio Dino (PCdoB) mantém tendência de reeleição já em primeiro turno. O comunista lidera a corrida ao Palácio dos Leões com 62%, de acordo com este último levantamento do Data M. 

Confira os números para o Governo do Estado

Flávio Dino 62%

Roseana Sarney 30,5%

Maura Jorge 5,6%

Roberto Rocha 1,5%

Ramon Zapata 0,3%

Odívio Neto 0,1% 

Em tempo

Contratada pelo Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon), a pesquisa do DataM foi feita entre domingo (30) e quarta-feira (3), com 1.500 pessoas em todas as regiões do Maranhão. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O registro da pesquisa é MA-08386/2018.



  Deixe seu comentario aqui



  0 comentário:

Nenhum comentário ainda foi registrado. Seja o primeiro a comentar!

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts