Um adeus ao argentino mais amado do Brasil

Por RM

Postado em 11/02/2019 17:35:46



 

Quis o destino que o Brasil perdesse Ricardo Boechat quando o jornalismo brasileiro mais precisava dele. A morte do jornalista revela-se uma tragédia para o bom jornalismo. O País perde uma de suas vozes mais eloquentes e de maior credibilidade; que não se furtava criticar quem quer que fosse, porque não se permitia pautar sua crítica pela corrente ideológica – o pau que dava em Francisco era o mesmo que dava em Chico. 

E o cidadão comum brasileiro fica órfão dessa voz num exato instante em que a liberdade de expressão se sente acuada por um governo de viés autoritário, cujas primeiras medidas adotadas visam, claramente, limitar a atuação dos jornalistas com uma série de medidas estapafúrdias que, de tão restritivas, flertam com a censura.

Ricardo Boechat não era somente um renomado e influente jornalista. Muito mais que isto, o argentino que escolheu o Brasil para viver era um jornalista que verdadeiramente amava jornalismo; Que tinha o jornalismo pulsando em suas veias e era, acima de tudo, espontâneo.

Nesta última característica, aliás, residia a origem de seus rompantes, que não raro colocavam em cheque sua imagem – não a do jornalista, porque esta era irretocável, mas a pessoal –, quando perdia as estribeiras no ar para chamar atenção de colegas.  Os que trabalhavam ao lado dele na Redação, sobretudo do Jornal da Band e da BandNews FM, vira e mexe se viam obrigados a explicar que aquelas “broncas”, além de pertinentes para a qualidade do trabalho da equipe, eram importantes para o crescimento profissional de cada um e não expressavam a figura do profissional amigo, leal e extremamente bem-humorado do dia a dia.

O mundo não acaba com a morte de Ricardo Boechat nesta fatídica segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019. Porém, a lacuna deixada por ele no jornalismo brasileiro jamais será preenchida, ainda que a vida siga seu rumo e outras histórias precisem ser contadas.



  Deixe seu comentario aqui



  1 comentário:

Por: Luis

O Brasil perde um voz importante, uma voz do rádio q muitas vezes me sentí representado em seus comentários ele mostrava quem realmente era no rádio com jornalismo cômico e ao mesmo tempo sério



Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts