O ano legislativo na Câmara Municipal de Caxias

Por admin

Postado em 22/12/2017 09:58:12



 

A Câmara Municipal de Caxias já entrou de recesso. A derradeira sessão ordinária do ano foi realizada segunda-feira (18). 2017 foi um ano legislativo de baixíssima produtividade - quase zero. A maior parte do tempo, a vereança preencheu enxugando gelo. Não há - dentre a produção legislativa da atual legislatura municipal - uma única lei apresentada por quaisquer dos atuais vereadores que mereça destaque. Há um vazio. Uma enorme carência de proposição.

Mas, como tudo na vida, nem tudo foi perdido. Destaque para os vereadores do bloco de oposição. Tiveram atuação digna. Veementes na cobrança ao chefe do Executivo e ao secretariado, em momento algum jamais extrapolaram qualquer limite ético. Visitaram hospitais, postos de saúde, escolas... Sempre para verificar in loco os reclames da população. Cumpriram o papel que se espera da oposição - fizeram cobranças efusivas ao prefeito, porém sempre com urbanidade, respeitando os ditames da democracia. Jogaram limpo!

Outro ponto positivo que se pode destacar nesse primeiro ano da atual legislatura foi a postura do presidente da Câmara Municipal, vereador Catulé. Até por ser o decano da Casa e profundo conhecedor do Regimento Interno, já se esperava de antemão que Catulé exerceria o controle do parlamento de Caxias sem sobressaltos. E foi isto o que se viu durante todo este ano, um presidente sereno, conciliador e maduro, que soube impor sua autoridade sem diminuir a dos demais colegas. Nem de longe Catulé lembrou aquele dos rompantes intempestivos que lhe pareciam tão peculiares. Parece ter, finalmente, alcançado a chamada maturidade política, o que, convenhamos, é bom, para ele e para a política local.



  Deixe seu comentario aqui



  0 comentário:

Nenhum comentário ainda foi registrado. Seja o primeiro a comentar!

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts