Metade dos casos de homicídio no Maranhão é solucionada em até 72h

Por admin

Postado em 15/12/2017 09:58:16



 

A jornalista Lígia Teixeira publicou no Tweeter os números da Polícia Civil do Maranhão. Do total de homicídios ocorridos no estado, 50% são solucionados em até 72h. E as investigações em 2017 apresentaram resolutividade 25% maior em relação ao ano passado. 

São dados oficiais. Números que impressionam. Comprovam que a polícia maranhense opera em alto nível. O caso da morte do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano – o Nenzim - é exemplar. O líder político foi morto com um tiro à queima-roupa, em local de pouca movimentação, sem nenhuma testemunha ocular - salvo um filho da vítima, que o acompanhava no carro. Um crime complexo. Setores da oposição se precipitaram e tentaram até tirar uma casquinha eleitoreira: “Foi crime de pistolagem,/ o governo do estado precisa esclarecer e prender os culpados!”. Pegou mal, hein?! O caso foi esclarecido e os acusados presos pouco mais de 24h após a ocorrência.

Dificilmente a Polícia Civil do Maranhão dá um tiro. Esse alto índice de resolutividade dos casos de homicídio é amparado em um competente e ágil trabalho de inteligência policial, resultado dos investimentos do Governo do Estado na segurança pública. Para se ter uma ideia, o Maranhão tem hoje, por exemplo, um moderno instituto de genética forense - o maior em estrutura física do Brasil, diga-se de passagem. O melhoramento da estrutura - com aquisição de equipamentos e valorização do policial -, aliada à integração das polícias civil e militar, são fatores que, seguramente, possibilitaram chegar a esses resultados. 



  Deixe seu comentario aqui



  0 comentário:

Nenhum comentário ainda foi registrado. Seja o primeiro a comentar!

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts