Marcado por controvérsias, abono para professores dá efeito reverso em Fábio Gentil

Por RM

Postado em 01/02/2020 09:31:41



 

O vídeo acima foi gravado pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Caxias (MA), durante uma entrevista do prefeito Fábio Gentil (PRB) a uma emissora de rádio local. É o exato instante em que o mandatário caxiense afirma que vai pagar o abono para todos os professores, incluindo os contratados – como ele próprio faz questão de enfatizar na entrevista. O material foi postado no site oficial do Município. Só que não está mais lá. Foi deletado. Por quê? Continue lendo. 

Prometido para ontem, dia 31 de janeiro de 2020, de fato o abono salarial referente à sobra do Fundeb/2019 foi pago. Entretanto, o valor (R$1 mil) ficou muito aquém daquilo que os docentes da rede pública municipal de ensino esperavam. Até pelo o que dizia o próprio FG quando era vereador em oposição ao então prefeito Leo Coutinho, que pagou, em 2014, esse mesmo montante na forma de abono, conforme ampla e fartamente divulgado em blog’s locais – veja aqui.

Leo Coutinho pagou os mesmos R$ 1 mil em 2014 para todos os professores. Efetivos e contratados receberam a gratificação, de modo indistinto.  Já FG, apesar de ter afirmado de forma categórica que o abono alcançaria todos, somente os efetivos receberam. Vale lembrar que o salário mínimo nacional vigente em 2014 era de R$ 724,00. Hoje é de R$ 1.045,00 – portanto, o poder aquisitivo de outrora era bem maior.

Daí por que desde quando o abono fora anunciado o prefeito passou a ser espancado verbalmente nas redes sociais. O vídeo acima e o print no link contidos neste blog são café pequeno, se comparados às porradas desferidas em FG. A controvérsia gerada pelo abono – que deveria ser uma festa – obrigou o pessoal da Ascom a excluir o vídeo. O problema é que a Inês já estava morta e o estrago inevitável.



  Deixe seu comentario aqui



  2 comentários:

Por: Antonio

Tem que cumprir o que falou: pagar um abono decente a todos os professores efetivos e contratados.



Por: ARIMATÉIA ROCHA

SEM FALAR QUE O SINDICATO DOS TRABALHADORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE CAXIAS MA - SINTRAP SEMPRE COBROU DOS GESTORES PÚBLICOS UM SALÁRIO DECENTE, MAS COMO NÃO FOI ATENDIDO, APELAVA PARA DIVIDIR A SOBRA DOS RECURSOS DO FUNDEB ENTRE OS PROFESSORES.



Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts