Maranhão amplia escolas militares e colhe bons resultados

Por RM

Postado em 04/10/2019 11:17:12



Professores e alunos do Colégio Militar Tiradentes I (Foto: Handson Chagas)

O modelo de escolas cívico-militares não é novidade no Maranhão. Desde 2015, o Maranhão vem ampliando essas unidades e colhendo bons resultados.

Hoje, o Maranhão tem 16 escolas desse tipo, sendo que 12 foram entregues a partir de 2015. A gestão delas é do Corpo de Bombeiros ou da Polícia Militar, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação ou com Secretarias Municipais da Educação.

No total são cerca de 11 mil alunos nas escolas cívico-militares do Maranhão. Esse modelo vem apresentando bons resultados, como pode ser visto na nota do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que avalia escolas de todo o Brasil.

O Colégio Militar Tiradentes I, em São Luís, por exemplo alcançou nota 5,9 no Ideb de 2017, acima da meta de 4,7 estabelecida pelo Ministério da Educação.

A escola, que fica na Vila Palmeira, tem a gestão compartilhada entre Polícia Militar e Secretaria de Estado da Educação.

“A gente é muito bem recebido na escola, tanto pelos professores quanto pela direção pedagógica. Aqui eles dão muita oportunidade para gente na questão de cursos e aulas extracurriculares”, diz Rafael Morgado, 16 anos.

Há cinco anos no Colégio Militar Tiradentes I, Rafael conta que a disciplina é algo bastante cobrado, mas há muito mais elementos envolvidos: “A gente acaba se apegando muito aos professores, a gente tem os nossos monitores, e vai criando a convivência harmoniosa”.

“É uma escola muito boa, supera o patamar de muitas escolas particulares. E a gente tem uma convivência muito boa”, acrescenta.

Participação

O diretor-geral da escola, coronel Pedro Augusto Lima Brandão, afirma que há vários fatores para o sucesso da escola: “A presença da família na escola, a disciplina dos alunos, a estrutura física, os recursos humanos, temos excelentes professores”.

Ele conta que “há uma cobrança de disciplina, mas há também a questão da afetividade e da preocupação com o ser humano, a preocupação com o bem-estar dos alunos e dos funcionários”.

O engajamento dos pais é algo que faz parte do dia a dia do Colégio Militar Tiradentes I. “Eu gostei desde o primeiro dia, pela ótima administração. Faz que eu admire cada vez mais a escola”, diz Suzana Nóbrega Carvalho, mãe de um dos alunos.

Ela sai todos os dias de Itapera para ajudar na biblioteca da escola. A mesma rotina tem Luzia de Fátima Pereira Vieira, mãe de outro aluno. Ela mora no Maiboão e vai diariamente ao colégio ajudar.

“Trabalho na biblioteca, atendo as crianças, vejo os que elas querem, corro atrás de livro, ajudo a pesquisar”, conta. 

Outros Resultados

A Escola Militar Tiradentes II, em Imperatriz, também ficou acima da meta no Ensino Médio no Ideb 2017: 5,5.

Em Bacabal, a Escola Militar Tiradentes III conseguiu uma nota ainda maior: 5,8.

Alguns dos colégios militares entregues desde 2015 representaram marcos na educação. É o caso do Colégio Militar Tiradentes V, a primeira escola militar de Timon, inaugurada em 2017.

Em 2018, o colégio foi transferido para o novo CAIC de Timon, totalmente reformado após anos de abandono.

Fonte: SECAP



  Deixe seu comentario aqui



  0 comentário:

Nenhum comentário ainda foi registrado. Seja o primeiro a comentar!

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts