Greve entra no 8º dia de paralisação e donos de postos acusam governo do Maranhão de favorecer milionários do setor

Por RM

Postado em 28/05/2018 09:49:31



Fila que se formou na manhã de sábado (26), tão logo se espalhou a chegada de um caminhão-tanque

Caxias segue sob os impactos da greve dos caminhoneiros. O movimento paredista entra em seu 8º dia e o Brasil por inteiro sente seus efeitos, com graves repercussões políticas, sociais e econômicas. Empresários do segmento local de combustíveis passaram os últimos dias fazendo malabarismos para manter o mínimo de gasolina nas bombas, a fim de não deixar a população desabastecida por completo. Também há um evidente esforço de fornecer pelo menos o básico para ambulâncias e viaturas policiais. 

Mas não tem sido fácil.  O primeiro colapso de gasolina nos postos de Caxias foi registrado logo nas primeiras horas da sexta-feira (25). De lá para cá, o pouco que chega de combustível na cidade – quando chega, um e outro caminhão-tanque que consegue passar pelos bloqueios nas estradas – dura horas apenas, com filas amazônicas que se formam no entorno do posto, tão logo a história da chegada corre pelas redes sociais.

Ontem, domingo (27), foi dia de aplicação de provas do concurso da prefeitura de Caxias. Nas redes sociais não faltaram críticas a mototaxistas que cobravam R$ 15,00 por uma corrida que, normalmente, não sairia por mais de R$ 5,00.

No entanto, mototaxistas não seriam os únicos que estariam tirando proveito da greve. Na manhã desta segunda (28), um dono de posto de combustíveis em Caxias disse a este redator que os maiores empresários do setor no Maranhão estariam sendo favorecidos pelo governo do Estado. Segundo ele, caminhões-tanques de redes de combustíveis de milionários, como João Rolim e Ribamar Araújo, por exemplo, teriam seus acessos facilitados ao Itaqui, recebendo escolta oficial para transporte, enquanto os pequenos, notadamente os do interior, estariam cada um por sua conta e risco. Um jogo no mínimo desigual.



  Deixe seu comentario aqui



  1 comentário:

Por: Edmilson Coutinho Beleza

A situação hoje nos postos de combustíveis, continua a mesma do último sábado, filas enormes, muito bate boca, agressão. Tá feia a coisa.



Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts