Fernando Sarney assume coordenação da campanha de Roseana com desafio de evitar humilhação da família nas urnas

Por RM

Postado em 30/07/2018 09:42:06



 O engenheiro Fernando Sarney (foto) assumiu mesmo a coordenação-geral da campanha de Roseana. Finalmente, um fato alentador para a Branca na atual corrida ao Palácio dos Leões. Articulador de extrema habilidade, FS conhece como poucos o caminho das pedras da seara político-eleitoral maranhense. Sem falar que se trata de um grande estrategista, que dará um rumo à campanha da irmã, além de ser um cara admirável, dos mais incríveis que este redator conheceu.

Rumores falam que Roseana não queria entrar na disputa, que somente o fez em atenção ao pai, após inúmeros apelos do ex-presidente José Sarney, etc. e tal. Se verdade, Branca tem lá suas razões. A começar pela raquítica musculatura da coligação formada por seis partidos (MDB, PV, PSD, PRP, PSC e PMB) – um número muito aquém daquele que os Sarney historicamente costumavam reunir. Depois pelas defecções de última hora, como a do deputado federal Aluízio Mendes (Podemos), que se debandou para o lado de Roberto Rocha (PSDB) e ainda levou, além de seu partido, o PHS, que também estaria sob sua influência no Maranhão. E Roseana ainda terá de tentar desvincular-se da temerária figura de Temer, o presidente mais rejeitado na história da República.

Portanto, as condições adversas que se apresentam para Roseana no horizonte da corrida urnística deste ano apontam para uma provável derrota eleitoral que, de tão fragorosa, pode macular o brilho de qualquer biografia, inclusive daquela que foi a primeira mulher a governar um estado brasileiro e que mais tempo chefiou o Executivo estadual maranhense.

Também falam que FS e Branca estariam voltando às boas, após um tempo de afastamento em decorrência de um período tempestuoso na relação de ambos, motivado por conflitos na condução do poderoso Sistema Mirante de Comunicação. Algo impensável para este redator até pouco tempo atrás, devido ao amor - verdadeira idolatria - que um sempre demonstrou sentir pelo outro. Mas a vida tem mesmo dessas intempéries imprevisíveis, que às vezes une aqui, separa ali e torna unir novamente acolá. 

O fato é que a missão de FS não é para qualquer um. O estágio eleitoral está avançado. O momento para firmar acordos e atrair apoios ficou lá trás, para antes das convenções partidárias. Entretanto, o impossível não existe, sobretudo em política.



  Deixe seu comentario aqui



  0 comentário:

Nenhum comentário ainda foi registrado. Seja o primeiro a comentar!

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts