Dino pode ser reeleito em 1º turno e Maura Jorge ficar em 3º, à frente de Roberto Rocha; corrida eleitoral começa consolidar cenários no MA

Por RM

Postado em 14/09/2018 10:10:05



 pesquisa_exata_jp_14.09

Pesquisa eleitoral é a verdade do momento – quando não se forjam os números, obviamente. A divulgada nesta sexta-feira (14), pelo Jornal Pequeno, traz um cenário dentro daquilo que nitidamente se desenha para ser o resultado final da eleição para governador do Maranhão. O levantamento feito pelo instituto Exata mostra que o índice de intenção de votos a favor do candidato Flávio Dino (PCdoB) subiu de 61% para 64%. Nesse patamar, somente uma intercorrência de proporções catastróficas poderia impedir sua reeleição já em primeiro turno.

A pesquisa também aponta para aquela possibilidade já alertada por este redator: A despeito da sua modesta estrutura de campanha, a ex-prefeita de Lago da Pedra e candidata ao governo, Maura Jorge (PSL), pode surpreender e terminar a corrida eleitoral à frente do senador e candidato a governador Roberto Rocha (PSDB). Os números da Exata já trazem Maura à frente do tucano, com 4% e 3%, respectivamente.

Algum ingênuo pode achar que esse desempenho de Maura Jorge não seja lá grande coisa. Mas é, sim. A bela não tem um 1/10 da estrutura de campanha e apoios políticos de Roberto Rocha. O tucano, por sua vez, é senador da República e está à frente de uma poderosa máquina partidária.

Sofrível

Este redator tem chamado atenção para o desempenho sofrível do candidato Roberto Rocha, que poderá sair da campanha menor do que entrou (relembre aqui).

De molho

Caso esta possibilidade se confirme ao final da apuração dos votos no dia 7 de outubro, Roberto Rocha vai precisar botar as barbas de molho e pensar no que fazer da sua vida daqui a 4 anos, quando expira o mandato senatorial que o povo maranhense lhe outorgou em 2014.

Em tempo

Contratada pelo Jornal Pequeno, pesquisa do Instituto Exata ouviu 1.400 pessoas esta semana, entre os dias 10 e 13, em todas as regiões do Maranhão. A margem de erro é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiabilidade de 95%. O levantamento está registrado no TSE sob o número MA-09907/2018.



  Deixe seu comentario aqui



  0 comentário:

Nenhum comentário ainda foi registrado. Seja o primeiro a comentar!

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts