Deputados reúnem-se com comissão de gestores e alunos para debater proposta de criação da UemaLeste

Por RM

Postado em 03/05/2019 11:07:54



 Reunião abre debate sobre criação da UemaLeste

Os deputados Adelmo Soares (PCdoB), Zé Gentil (PRB) e Professor Marco Aurélio (PCdoB) reuniram-se, na tarde desta quinta-feira (2), na Sala das Comissões, com diretores e representantes estudantis dos campi da Uema dos municípios de Caxias, Codó e Coelho Neto, para discutir a proposta de criação da UemaLeste.

Inicialmente, o deputado Adelmo Soares, que coordenou a reunião, esclareceu que se tratava de um encontro com o objetivo de iniciar uma discussão eminentemente técnica sobre a possibilidade de criação da UemaLeste. 

“Estamos aqui com a intenção única de ouvi-los. Não há proposta por parte do Governo do Estado nesse sentido nesta Casa. Estamos iniciando o debate para fundamentar uma proposta junto ao governador Flávio Dino (PCdoB) de viabilização ou não da criação da UemaLeste. Esse é o nosso entendimento. Não há nesse debate conotação partidária, mas sim, a intenção de levar mais desenvolvimento para essa região do estado”, enfatizou o deputado Adelmo Soares.

O deputado Professor Marco Aurélio deu testemunho de como se deu a luta pela implantação da UemaSul, acrescentando que a experiência está sendo exitosa e que é reconhecida como a maior conquista da Região Tocantina nos últimos quatro anos. “Essa é uma questão de conquista de autonomia para se avançar na melhoria da qualidade e do acesso à educação superior. A regionalização do ensino superior é uma prioridade do governo Flávio Dino. Agora, a concretização da UemaLeste tem que ser uma conquista de todos. A região precisa se convencer que isso é o melhor para o fortalecimento da Uema nessa região”, salientou.

O deputado Zé Gentil manifestou-se no sentido de que a discussão precisa ser ampliada. “O importante é, na medida do possível, ouvirmos todos os argumentos contra e a favor dessa proposta. Trata-se de um debate de muita responsabilidade. Nós, deputados, defenderemos o que for o consenso do debate de todos os atores envolvidos nessa questão”, frisou.

CESCON E CESC

A diretora do Centro de Ensino Superior do Campus de Coelho Neto (CESCON), professora Raimunda Reis, leu um documento assinado pelos gestores dos demais campi da Uema da Região Leste (Caxias, Coroatá, Codó, Coelho Neto e Timon), no qual expressam posição contrária a criação da UemaLeste. “A fragmentação enfraquece a Uema. Defendemos a manutenção e melhoria da estrutura que já existe e que sejam ouvidos todos os colegiados dessa instituição quanto à proposta de criação da UemaLeste”, diz o documento.

“Queremos discutir com muita responsabilidade fiscal e tranquilidade a proposta de criação da UemaLeste. Será que temos condições de avançar nessa proposta, neste momento em que vivemos uma situação grave de contingenciamento de orçamento? É melhor garantir o cuidado com o filho que já temos, melhorando os cuidados no que for possível, ou parir outro filho? Quem vai dar o leite e, se der o leite, qual tipo de leite? Temos condições de criar e manter uma nova estrutura?”, questionou a diretora do campus da Uema de Caxias, professora Jordânia Pessoa. 

POSIÇÃO DOS ALUNOS

O presidente do Diretório Central dos Estudantes do campus da Uema de Caxias, Adão Silva, entregou aos deputados uma proposta de convocação de uma audiência pública, na Assembleia, com a presença dos secretários de Estado de Planejamento, Fazenda e Ciência e Tecnologia. “A princípio, nos colocamos abertos ao debate e ainda não temos posição contra ou a favor. Queremos participar desse processo. Queremos conhecer, entender e debater o que é melhor para a nossa universidade”, esclareceu.

Adão Silva disse que, no momento, o grande anseio dos estudantes é a implantação do restaurante universitário. “Nós do DCE não nos colocamos nem contra nem a favor, mas queremos discutir com os alunos para que possamos ter responsabilidade na criação de uma universidade cada vez melhor”, afirmou.

Fonte: Ascom



  Deixe seu comentario aqui



  1 comentário:

Por: José Gomes Matos

Corretíssimo, vamos escutar os professores, alunos e servidores, assim é a democracia, já vimos no último fórum o que deu, lembra senhor Ricardo, o presidente da câmara atacou a Uema e sua diretora e deu no que deu. Tudo por insistência do irmão dele e o grupo que nós interno já conhecemos muito bem, só interesse de cargos e nada mais . É importante que se deixe aqui resistrado que somos a favor sim do debate interno sem interferência de presidente de câmara que só vem a xingar e atrapalhar o CESC esse não é bem vindo em nenhum lugar.



Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts