As opções de Chico Leitoa refletem o quão renhida será a eleição para o Senado

Por RM

Postado em 09/06/2018 09:46:07



Ex-prefeito Chico Leitoa e o deputado federal Rubens Pereira Jr.

O ex-prefeito de Timon, Chico Leitoa, tornou público suas preferências para o Senado Federal. Disse que vai de Weverton (PDT) e de José Reinaldo Tavares (PSDB). CL é aliado de proa do governador Flávio Dino (PCdoB), razão pela qual a verbalização das suas intenções de voto para senadores tenha repercutido na blogosfera, visto que, dentre os dois nomes anunciados, somente um – Weverton – estará na chapa majoritária dinista. Tal repercussão faz sentido pelo fato de os Leitoa serem peças imprescindíveis na montagem da frente que vai quebrar lanças em favor da reeleição de FD – o atual prefeito de Timon, Luciano Leitoa, é filho de CL e também presidente estadual do PSB. 

Entretanto, uma reação de espanto pelas declarações do líder timonense somente faz sentido se for por desconhecimento da história recente da política do Maranhão. O ex-prefeito – que foi também atuante deputado estadual - não é apenas uma das maiores lideranças políticas do estado; é também um de seus nomes mais proeminentes. Com uma destacada atuação no campo democrático, CL nunca foi de esconder suas opções. E não seria agora, com o status de militante calejado, que ele iria tergiversar sobre suas preferências. Ainda mais por manter uma notória relação de amizade pessoal com JRT, que vai muito além do campo político-partidário.

Se a eleição para o Palácio dos Leões caminha para ser razoavelmente tranquila, pela cotação de hoje, a corrida senatorial será uma das mais renhidas da história do Maranhão. Dos nomes postos até agora como pré-candidatos às duas vagas que estarão em disputa, pelo menos quatro podem ser considerados fortíssimos por suas sólidas relações com a classe política de todas as regiões do estado.

Daí que, tal qual ocorre com CL, não seria nenhuma surpresa para este redator se aparecerem outras lideranças mais do campo dinista igualmente manifestando o segundo voto para senador em favor de JRT ou mesmo de Edison Lobão, por exemplo, e vice-versa.

Sim, o inverso também não deve ser descartado. Não seria nenhuma ignomínia, por exemplo, o pré-candidato Weverton receber voto casado com o senador Edison Lobão (MDB), mesmo o pedetista tendo carregado o nome da outra pré-candidata apoiada pelo governador, a deputada federal Eliziane Gama (PPS).



  Deixe seu comentario aqui



  0 comentário:

Nenhum comentário ainda foi registrado. Seja o primeiro a comentar!

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Últimos Posts