Paridade do FPM de Caxias com Imperatriz gera perplexidade

Por RM

Postado em 07/12/2018 12:39:25



Causou perplexidade entre leitores do Blog a constatação da paridade nos valores do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) repassados aos municípios Caxias e de Imperatriz, que recebem os mesmos montantes. Os números foram divulgados neste espaço, durante post que trata do recebimento de um repasse adicional de 1% do fundo, creditado nas contas das prefeituras nesta sexta-feira (07).

Nesse repasse extra, creditado nas contas das prefeituras já no primeiro segundo do dia de hoje, a Prefeitura de Caxias recebeu a bagatela de quase R$ 4 milhões – ou, para ser mais exato, R$ 3.904.589,40 (três milhões, novecentos e quatro mil, quinhentos e oitenta e nove reais e quarenta centavos). Mesmo valor repassado ao município de Imperatriz – compare aqui.

Esse montante de R$ 3.904.589,40 é o valor bruto do repasse, já descontado o PASEP – convenhamos, um montante considerável, digno de um prêmio da Mega-Sena.

A distribuição do FPM é constitucional e se dá por meio de um cálculo regulamentado pelo Decreto Lei nº 1.881/1981, que estabelece um coeficiente que vai de 0,6 para municípios com faixa de população a partir de 10.188 habitantes, até 4,0 para aqueles com mais de 156 mil habitantes – conforme resumido por um servidor aposentado que trabalhou décadas no setor de finanças de destacada prefeitura da região.

É aí que entra a perplexidade. No senso de 2010 do IBGE, Caxias revelou uma população de 118.534 habitantes. O mesmo levantamento trouxe Imperatriz com 234.547 habitantes – quase o dobro de Caxias.

Vale ressaltar que Caxias não é o único município beneficiado por esta igualdade, em tese, desigual. No Maranhão, Timon e São José de Ribamar também são aquinhoados pelo mesmo valor de FPM.

  0 Comentários

Prefeitura de Caxias tem repasse extra de R$ 4 milhões nesta sexta (07)

Por RM

Postado em 07/12/2018 07:45:06



A Prefeitura de Caxias recebe nesta sexta-feira (07) cerca de R$ 4 milhões, a título de repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de dezembro. 

O montante é referente a 1% do valor da arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Imposto de Renda (IR), contabilizada entre o início de dezembro do ano passado até o final de novembro deste ano.

Veja quanto vai receber cada município do Brasil (aqui)

 

  0 Comentários

Assembleia aprova pacote ‘anticrise’, mas embate entre governo e oposição foi inócuo e apequenou o debate

Por RM

Postado em 06/12/2018 10:51:55



 

Eduardo Braide e Marcelo Tavares

O Plenário da Assembleia Legislativa levou 5 horas e 30 minutos desta quarta-feira (05) para aprovar o Projeto de Lei nº 239/2018 – o ‘Pacote Anticrise’ –, proposto pelo Governo do Estado em contraponto aos efeitos da crise fiscal que ameaça parar a máquina pública. Foram 23 votos a favor da aprovação, 7 contrários e uma abstenção. Infelizmente, a discussão em torno da proposta foi superficial, faltou aprofundar nos detalhes. 

Dentro do legislativo estadual e sobretudo na ambiência da blogosfera travaram um embate inócuo que apequenou o debate. Claramente, blogueiros e setores da imprensa deixaram de analisar de forma isenta os prós e contras da proposição para se dedicarem à defesa intransigente e cega de interesses que nada tem a ver com as medidas e posteriores efeitos advindos do projeto.

Cada deputado tratou de se posicionar em consonância com o seu alinhamento político-ideológico. 

Os governistas se limitaram a enfatizar pontos do projeto que eles consideram favoráveis à população, como a isenção de IPVA para motos de até 110 cilindradas e a redução de ICMS para 100 mil micro e pequenas empresas.

Já os oposicionistas, por sua vez, sentaram a pua, sobretudo, no ajuste da alíquota de ICMS do óleo diesel e da gasolina.

Lamentavelmente, ambos os lados fizeram discursos demagógicos e superficiais, que nada esclareceram à opinião pública.

O melhor embate – talvez o único que se salvou e seguramente o mais sóbrio – foi travado ontem à noite, portanto depois de o projeto já ter sido aprovado pela ALEMA, entre o deputado Eduardo Braide (PMN) que absteu-se de votar e o secretário da Casa Civil, Marcelo Tavares, ao vivo no programa Ponto e Vírgula da Rádio Difusora FM.

  1 Comentários

Cleide comemora aprovação de projeto de Weverton que garante exame de ecocardiograma fetal pelo SUS

Por RM

Postado em 05/12/2018 21:40:45



Weverton Rocha, Flávio Dino, Humberto (in memorian) e Cleide Coutinho 

A deputada estadual eleita Cleide Coutinho (PDT) comemorou a aprovação do projeto de lei de autoria do atual deputado federal e senador eleito Weverton Rocha (PDT) que inclui o exame de ecocardiograma fetal entre aqueles já ofertados gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) durante o período de pré-natal das gestantes. 

“Trata-se de uma conquista histórica, na medida em que o ecocardiograma fetal terá impacto positivo na redução da mortalidade neonatal”, disse Cleide.

Na avaliação da deputada, o projeto revela ainda a grandeza do parlamentar maranhense, sempre atento na defesa das causas sociais.

"O Weverton, apesar de jovem ainda, foi um dos melhores deputados federais que o Brasil já conheceu e, com certeza, será também um grande senador", afirmou ela. 

O projeto de lei apresentado pelo pedetista foi aprovado pelo Plenário da Câmara dos Deputados na última terça-feira (04) e segue agora para o Senado, onde o deputado maranhense estará a partir de fevereiro, uma vez que em outubro passado ele foi eleito senador com uma votação recorde na história do Maranhão. 

 “Enquanto senador, trabalharei para que este projeto seja aprovado também na Câmara Alta e se torne lei”, afirmou Weverton.

O exame de ecocardiograma fetal consegue detectar malformação no coração do feto e tem sido indicado apenas para gestantes em que o risco para o feto é maior, como em diabéticas, hipertensas e mulheres que utilizam medicamentos, ou ainda quando há suspeita de alteração genética, como a Síndrome de Down.

“Fora dessa indicação, o exame está disponível apenas em hospitais e clínicas particulares e pode custar de R$ 250 a R$ 600, um valor muito alto para a maioria dos brasileiros”, lembrou Weverton.

Caso o projeto se torne lei, o exame poderá ser solicitado em outras situações de acordo com a avaliação do médico.

“Há estudos segundo os quais a mortalidade de crianças pode ser reduzida em até 10% se os problemas forem detectados cedo por exame”, afirmou o deputado.

O projeto foi aprovado na forma do substitutivo da relatora, deputada Professora Dorinha (DEM-TO), e incorporou a ideia do projeto do deputado Dr. Sinval Malheiros (Pode-SP), para tornar disponível também o exame de ultrassonografia transvaginal por duas vezes durante o primeiro quadrimestre da gravidez.

*Com informações do Blog do Marco D'Eça

  0 Comentários

Pleno do TJMA confirma Rádio Web Justiça do Maranhão como órgão oficial do Judiciário

Por RM

Postado em 05/12/2018 18:38:32



 

Em sessão plenária administrativa nesta quarta-feira (5), os desembargadores do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) aprovaram, por unanimidade, a resolução assinada pelo presidente da Corte, desembargador Joaquim Figueiredo, criando a Rádio Web Justiça do Maranhão dentro da estrutura oficial do Judiciário e estabelecendo suas atribuições.

A decisão do Pleno confirmou o ato do presidente do TJMA, que assinou a resolução, ad referendum, há pouco mais de um mês. Com isso, a Rádio Web Justiça do Maranhão deixou de ser apenas um veículo de difusão de notícias e serviços para se tornar órgão oficial de comunicação do Poder Judiciário do Estado.

O documento define como atribuições do novo órgão oficial, entre outras, dar ampla divulgação aos atos institucionais da Presidência do Tribunal; levar ao conhecimento da sociedade maranhense e brasileira as informações de interesse público do Judiciário do Estado; promover, com uma programação pluralista e diversificada, a integração dos magistrados e servidores da Justiça estadual, assumindo o compromisso com os valores éticos e institucionais do setor.

Transparência  

Também estão, entre suas funções, a tarefa de dar caráter informativo às atividades institucionais, educativas, culturais e artísticas desenvolvidas no Judiciário, além de informar, com honestidade e transparência, à comunidade jurídica e à sociedade civil organizada, os julgamentos das sessões das câmaras cíveis e criminais isoladas, câmaras cíveis e criminais reunidas e das sessões plenárias administrativas e jurisdicionais do Tribunal de Justiça do Maranhão.

A emissora deve divulgar, sistematicamente, as campanhas institucionais sobre os projetos sociais, ambientais e de saúde, eventos, congressos, seminários, cursos, treinamentos e palestras promovidas pelo Poder Judiciário do Maranhão.

Aproximação com sociedade  

Outros itens elencados na resolução definem como atribuições o trabalho de divulgar as ações de responsabilidade social e ambiental do Judiciário e aproximá-lo da sociedade, dando visibilidade aos projetos e ações institucionais de cunho social, voltadas para a cidadania.

Deve, ainda, utilizar as ferramentas da comunicação radiofônica para estabelecer na educação uma perspectiva de diálogo entre órgãos do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, escolas, universidades e entidades da sociedade civil, funcionando como canal de comunicação e atuando não só no aperfeiçoamento do diálogo institucional, mas também como veículo difusor dos valores culturais do Maranhão. 

A transmissão de palestras pedagógicas sobre temas ligados à saúde do servidor e boas práticas no ambiente de trabalho também faz parte da lista de atribuições.

Acesso  

Há mais de três anos, ouvintes de todo o mundo acessam a emissora, por meio do link direto no Portal do Judiciário, por aplicativo próprio em smartphones ou em sites que reúnem emissoras de rádio de todo o planeta, contabilizando uma audiência que, frequentemente, ultrapassa o patamar de 110 mil acessos por mês. 

A rádio tem um público significativo em todos os continentes, já tendo sido ouvida em mais de 100 países, da Argentina à Ucrânia, do Japão a Uganda. Depois do Brasil, que lidera o número de acessos, os nove países onde a rádio é mais ouvida são: Estados Unidos, China, Japão, Rússia, Alemanha, Reino Unido, Coreia do Sul, Canadá e França.

Servidores, magistrados e ouvintes em geral se conectam à programação, que possui notícias do Poder Judiciário maranhense, programas de perfil jurídico e cultural, música, além da transmissão, ao vivo, de todas as sessões das câmaras e do Pleno do TJMA, de segunda a sexta.

Campanhas e serviços oferecidos ao cidadão pela Justiça estadual são divulgados nos intervalos entre músicas e noticiários. Entrevistas exclusivas com magistrados esclarecem dúvidas dos jurisdicionados.

Palestras, seminários e inaugurações, também transmitidos em tempo real, levam informação e conhecimento, desde a inauguração da emissora, em 13 de maio de 2015, sessão jurisdicional do Tribunal, presidido à época pela desembargadora Cleonice Freire.

Custo zero 

O veículo de comunicação institucional foi implantado a custo zero, utilizando os próprios recursos tecnológicos existentes no Tribunal de Justiça, com o entendimento de que, na era da globalização, é preciso mostrar ao mundo que o sentido de Justiça existe e deve, cada vez mais, ser ampliado. 

A emissora desenvolve uma programação com foco nas ações do Tribunal de Justiça, Corregedoria Geral da Justiça, Escola Superior da Magistratura e demais órgãos do Judiciário maranhense. 

A programação é produzida e gerada em estúdio montado na Assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça, com o importante papel de aprimorar o intercâmbio de informações entre o Poder Judiciário e a sociedade, aproveitando o potencial da tecnologia digital para construir cidadania.

Fonte: Comunicação Social do TJMA

  0 Comentários

6ª Caravana do Bem arrecada brinquedos para distribuí-los em comunidades carentes de Caxias

Por RM

Postado em 05/12/2018 15:15:22



 

Faltando pouco mais de duas semanas para a chegada do Natal, a Caravana do Bem promove mais uma arrecadação de brinquedos para serem distribuídos a comunidades carentes de Caxias (MA).

O projeto, que chega à sua sexta edição, tem como objetivo de possibilitar que os pequenos caxienses comemorem o dia de Natal com mais alegria.

Idealizada pelo advogado Catulé Júnior, a Caravana do Bem caracteriza-se como uma iniciativa de cunho social, sem intencionalidade político-partidário.

As doações serão recebidas até o dia 21 na sede da Rádio Tropical FM, situada na Rua Bela Vista, nº 1894, bairro Castelo Branco. Se preferir, o doador pode ligar para o telefone 3521-0013, que a Caravana do Bem irá receber a doação no endereço indicado.

Os brinquedos serão distribuídos em uma grande caravana que acontecerá no dia 22. Faça a alegria de uma criança neste Natal! Doe um brinquedo, ganhe um sorriso! Faça parte desta caravana!

Fonte: Ascom

  0 Comentários

Deputado Rubens Jr. elogia atuação da polícia e diz que investimentos do governo Flávio Dino garantem segurança de alto nível para o Maranhão

Por RM

Postado em 05/12/2018 15:04:34



 O deputado federal Rubens Pereira Jr. (PCdoB) usou o plenário da Câmara dos Deputados para destacar a atuação da polícia do Maranhão para elucidar o roubo de um centro de distribuição do Banco do Brasil, em Bacabal. “No Maranhão não enfrentamos a bandidagem com meme de internet, mas sim, com serviço de inteligência, com uma polícia técnica, preparada e qualificada”, disse. 

O parlamentar também destacou a determinação do governador do Estado, Flávio Dino e do secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, para que os integrantes da quadrilha sejam capturados.

Nesta quarta-feira (4), cerca de R$ 45 milhões dos R$ 100 milhões roubados em 25 de novembro durante operação integrada pelas forças policiais maranhenses. Mais dez suspeitos foram presos e outros três mortos foram em confronto com policiais.

Com o grupo, a polícia encontrou armas de grosso calibre (duas metralhadoras calibre 50, pistola e vários coletes à prova de bala e 11 fuzis) e dinheiro, que seria parte do roubo à agência bancária.

Cerco

Policiais mantiveram o cerco na cidade e nos arredores de pelo menos 10 municípios nas proximidades, a fim de impedir que a quadrilha saísse do Estado.

Prontidão

As equipes da Polícia Militar ficam de prontidão nas cidades de Itapecuru, Vargem Grande, Coroatá, Caxias, Santa Inês, Pedreiras, Bom Jardim e outros municípios fronteiriços a Bacabal, até que todos os membros da quadrilha sejam presos.

Uruguai

Segundo as investigações, a quadrilha é a maior em assalto a bancos com atuação nos nove estados do Nordeste e chefiada por José Francisco Lumes, o Zé de Lessa, que comanda do Uruguai.

Apoio

Cerca de 30 membros da quadrilha foram para o Maranhão participar do assalto a Bacabal, segundo a polícia. A SSP-MA trabalha com apoio da Interpol, Centro de Controle da Aeronáutica, polícias dos Estados onde há atuação da quadrilha e também, forças policiais do Uruguai.

Fonte: Ascom

  0 Comentários

Cleide Coutinho participa de evento de apresentação do Plano de Desenvolvimento Institucional do IFMA e reitera apoio à instituição

Por RM

Postado em 05/12/2018 12:58:49



 

A deputada estadual eleita Cleide Coutinho (PDT) participou da solenidade que marcou a apresentação do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), campos de Caxias. O plano correspondente ao período de 2019 a 2023 foi apresentado nesta terça-feira (04), na sede do instituto, em evento que contou com a presença de várias autoridades convidadas, dentre elas, além da deputada, o prefeito de Caxias Fábio Gentil (PRB) e a vereadora Aureamélia Soares (PCdoB).

A solenidade foi dirigida pelo do reitor do IFMA Carlos César Teixeira Ferreira e pelo diretor-geral João da Paixão Soares.

 

Além de conhecer o PDI, Cleide Coutinho ouviu atentamente as reivindicação dos educadores e gestoras daquela unidade educacional, que entre outras solicitaram da deputada eleita empenho em favor da construção de uma rotatória em frente ao campus, que fica localizado na localidade Gleba Buriti do Paraíso, bem na altura do quilômetro 02 da MA-340 – a estrada que liga Caxias a Aldeias Altas.

A deputada eleita garantiu que vai se empenhar pessoalmente para que a pretensa rotatória se transforme em realidade o quanto antes.

  0 Comentários

Sérgio Moro: De capitão do mato a mosqueteiro de corruptos

Por RM

Postado em 05/12/2018 09:26:15



 

Há uma indisfarçável, evidente e profunda mudança na postura do ex-juiz Sérgio Moro (foto), depois que deixou a magistratura para virar futuro ministro. Quando estava juiz federal, lá em Curitiba, o então magistrado era considerado o terror dos políticos corruptos. No Congresso Nacional, deputados e senadores de todas as cores e correntes fugiam de dele como o diabo foge da cruz – temiam perder o foro privilegiado e cair nas mãos do Moro. À frente da Lava-Jato, o cara era implacável nos seus veredictos.  Alguns dos mais renomados advogados do país diziam que a operação era inquisitória, por atropelar direitos e garantias constitucionais inerentes ao Estado Democrático de Direito.

Mas eis que, agora, depois que virou futuro ministro e figura de proa no governo de transição, Sérgio Moro mudou radicalmente. De implacável capitão do mato de figurões acusados de corrupção, virou mosqueteiro de seus colegas de agora, como o indefectível Onyx Lorenzoni, por exemplo – deputado federal investigado por corrupção, e personagem de dois enredos de caixa dois da JBS.

Num desses enredos, aliás, ele confessou ter recebido por baixo dos panos R$ 100 mil em 2014. Pediu desculpas. Noutro, que teria ocorrido em 2012, mas que somente veio à tona no derradeiro fim de semana, Onyx nega o recebimento de mais R$ 100 mil. A procuradora-geral da República Raquel Dodge pediu ao Supremo Tribunal Federal autorização para investigar a suspeita num procedimento de pré-inquérito, com base em delações de executivos do grupo JBS. O ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato, já autorizou.

O agora futuro ministro de Estado e ex-juiz federal Sérgio Moro limitou-se a dizer que “o Onyx dispõe da minha confiança pessoal!".

Mudou muito, hein?!

Nem o presidente eleito foi tão enfático na defesa de seu subordinado. Perguntado se mantinha a confiança integral no futuro ministro, Bolsonaro saiu-se com uma de suas pérolas. "Cem por cento, ninguém; 100% só confio no meu pai e na minha mãe."

Ruim para nós, brasileiros, que adoramos um Dom Quixote. É, brasileiro passa a vida inteira à espera de um Dom Quixote que tire o Brasil do atraso, acabe com a corrupção e melhore a vida de todo mundo... O problema é que Dom Quixote, de verdade, só existe na literatura.

  1 Comentários

Tribunal de Justiça do Maranhão conquista Selo Ouro do CNJ

Por RM

Postado em 04/12/2018 13:25:13



 

Desembargador Joaquim Figueiredo, presidente do TJMA

O comprometimento e esforço para aprimorar a produção, organização, excelência em gestão da informação e qualidade na prestação jurisdicional garantiram ao Tribunal de Justiça do Maranhão o Selo, na categoria Ouro, concedido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 

“A premiação vem consagrar o árduo e dedicado trabalho desenvolvido pelo Poder Judiciário do Maranhão que, primando por serviços jurisdicionais céleres, eficientes e sustentáveis, vem superando desafios com a formulação de uma gestão estratégica pautado em práticas de excelência”, afirmou o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Joaquim Figueiredo.

O Tribunal de Justiça do Maranhão foi representado na entrega do Selo pelo seu vice-presidente, desembargador Lourival Serejo, e pelo juiz auxiliar da Presidência, Cristiano Simas, que elogiou o competente trabalho desenvolvido pela equipe do Planejamento Estratégico do Poder Judiciário do Maranhão. O prêmio foi entregue durante o XII Encontro Nacional do Poder Judicário, que está sendo realizado em Fpoz do Iguaçu (Paraná).

O presidente do TJMA ressaltou que a premiação é resultado dos esforços dos magistrados, servidores no cumprimento das metas nacionais e no fomento da qualidade dos dados estatísticos fornecidos pelo Tribunal de Justiça ao Conselho Nacional de Justiça e à sociedade.

“A premiação consolida a política judiciária do TJMA, focada hoje na eficiência, gestão transparente, organização e disseminação das informações administrativas e processuais”, pontuou o desemargador Joaquim Figueiredo.

Ele frisou que o Tribunal de Justiça tem hoje em sua cultura a gestão de excelência, mesmo num cenário de limitações financeiras que obriga cada vez mais a Justiça maranhense a se desdobrar para conseguir cumprir o seu mister e garantir a prestação jurisdicional com efetividade e celeridade.

Destaque

A premiação coloca o Tribunal de Justiça do Maranhão numa posição de destaque no país pela capacidade que o tribunal tem de sistematizar seus dados e promover a gestão estratégica.

Requisitos

Entre os requisitos para a concessão do Selo, o CNJ avaliou o nível de informatização do TJMA, a implantação de núcleos socioambientais, que determina aos órgãos do Poder Judiciário a implementação do Plano de Logística Sustentável (PLS) para reduzir o impacto ambiental de suas atividades, e a implantação do Comitê Gestor Regional no Tribunal, que instituiu a Política de Atenção Prioritária ao Primeiro Grau de Jurisdição.

Dificuldades

Essa norma visa enfrentar as dificuldades de funcionamento de varas, cartórios e outros órgãos da primeira instância, devido ao volume excessivo de ações para julgar e ao déficit de recursos materiais e humanos.

Diretrizes

Foram avaliados também o cumprimento de resoluções do CNJ alinhadas à gestão da informação, o envio dos dados estatísticos, cumprimento dos prazos estabelecidos, dentre outros requisitos, como criação de unidades e núcleos socioambientais, com atenção à saúde de magistrados e servidores, numa gestão participativa e democrática na elaboração das metas e implementação de políticas judiciárias alinhadas com as diretrizes do CNJ.

Portaria

Este ano, o fornecimento de informações passou a ser obrigatório conforme o previsto na Portaria CNJ n. 46/2017. Além do requisito básico de encaminhamento adequado das informações constantes no Sistema de Estatística do Poder Judiciário (SIESPJ), também foram avaliados, para a concessão do selo, o uso de relatórios estatísticos para o planejamento estratégico e o cumprimento de resoluções do CNJ alinhadas à gestão da informação. 

Estatísticas

Dar prioridade aos julgamentos de ações de violência doméstica e homicídios no dia a dia do Poder Judiciário passou a valer pontos na disputa pelo prêmio principal. A pontuação foi dada ao tribunal que demonstrou que informa ao CNJ periodicamente a quantidade de ações julgadas ao longo do ano nos juizados especiais e varas especializadas em violência contra a mulher. Uma dessas estatísticas é o Balanço da Mobilização Nacional promovido durante a Semana Justiça pela Paz em Casa.

Portaria 63

Também foi reconhecido o envio de dados sobre a remuneração dos magistrados, conforme determinado pelo CNJ em agosto de 2017, por meio da Portaria 63. A norma determinou a publicidade regular dos pagamentos feitos pelos tribunais brasileiros a seus juízes, com objetivo de dar transparência ao Poder Judiciário. 

Crimes hediondos

Outro requisito novo em 2018 para concessão do Selo Justiça em Números foi o envio dos dados referentes aos julgamentos ocorridos no Mês Nacional do Júri, instituído pelo CNJ por meio da Portaria CNJ nº 69/2017. A norma determina o esforço concentrado no mês de novembro para que os tribunais de Justiça de todo o país julguem crimes hediondos – homicídio e tentativa de homicídio. 

A portaria que instituiu o Mês Nacional do Júri definiu que os tribunais devem encaminhar os dados coletados durante os julgamentos dos crimes dolosos contra a vida ao CNJ no prazo de uma semana após o encerramento da ação.

Selo

O Selo Justiça em Números foi criado em 2013 e possui as categorias Diamante, Ouro, Prata e Bronze. A ideia é aprimorar a coleta e sistematização dos dados para garantir informações e indicadores confiáveis para a tomada de decisões no processo de planejamento e gestão estratégicos, além de aumentar o acesso público a esses dados.

Fonte: Comunicação Social do TJMA

  0 Comentários

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Charges

Últimos Posts