Rubens Pereira Jr é homenageado pelo PCdoB por defender o povo contra os poderosos

Por RM

Postado em 18/09/2018 16:21:39



 

Rubens Pereira Jr é considerado um dos melhores deputados federais do Brasil

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) exibe nesta terça-feira (18) uma homenagem ao deputado federal Rubens Jr (MA), candidato à reeleição. Em encontro do partido em Brasília-DF, Rubens Jr conversou com a equipe de comunicação.

No vídeo, Rubens Jr avaliou sua marcante atuação no Congresso Nacional em defesa do povo brasileiro. “Tivemos que enfrentar o Eduardo Cunha, o Michel Temer, a reforma Trabalhista e da Previdência, a retirada de direitos e o impeachment injusto da presidenta Dilma Rousseff. Em todas essas manifestações nós sempre ficamos ao lado do povo fazendo o que era correto. E esse foi o nosso diferencial”, explicou o deputado.

Segundo Rubens Jr, ele foi testado na pior Câmara de todos os tempos e foi aprovado, sempre permanecendo ao lado dos interesses do povo brasileiro. “O que nos permite que sejamos reconduzidos e que possamos estar retomando em cada canto do nosso estado de cabeça erguida. Sabendo que o governador Flávio Dino (PCdoB) finalmente coloca o Maranhão na direção correta e que aqui em Brasília a gente consegue defender os interesses do povo na luta contra os poderosos do nosso país”, destacou.

Trajetória

Rubens Jr é advogado e mestre em Direito Constitucional. Iniciou sua carreira política em 2006, elegendo-se deputado estadual e sendo reeleito em 2010.

Em 2014, foi eleito deputado federal com 118.115 votos, sendo o terceiro mais votado no estado do Maranhão.

Em seu primeiro mandato como deputado federal, Rubens Jr assumiu postos relevantes, como membro titular da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e participou das decisões mais importantes do Brasil nos últimos anos. Em 2016, ele votou contra o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, da PEC do Teto dos Gastos Públicos e da reforma Trabalhista.

Em 2017, Rubens Jr votou a favor das investigações nas duas denúncias contra o presidente Michel Temer. Neste mesmo ano, o parlamentar foi eleito coordenador da Bancada do Maranhão no Congresso Nacional. 

Rubens Jr foi eleito por meio de consulta popular, como melhor deputado do Maranhão pelo Prêmio Congresso em Foco em 2017.

Fonte: Ascom do PCdoB

  0 Comentários

Foto fofoca: Roseana agora vai!

Por RM

Postado em 18/09/2018 15:48:47



  0 Comentários

Ataque de Alexandre a Lobão pode ser começo de autofagia no grupo Sarney

Por RM

Postado em 18/09/2018 10:40:01



 

Lobão e Sarney Filho: "Salve-se quem puder"?

O programa do deputado estadual e candidato ao Senado Alexandre Almeida (PSDB) que foi ao ar nesta segunda-feira (17) deixou a ambiência político-partidária do Maranhão em polvorosa. AA espancou o senador e candidato à reeleição Edison Lobão (MDB). Lembrou que o emedebista conta com 32 anos de mandato e caso seja reeleito cravará os 40. Não poupou o velho lobo nem do vexame decorrente dos deslizes éticos e morais, ao lembrar que o senador é investigado por uma série de crimes que vão de corrupção à lavagem de dinheiro, passando por formação de quadrilha. 

Quem conhece Alexandre Almeida de perto ficou estupefato. O tucano não tem espírito beligerante. Pelo contrário, o deputado timonense é da paz, do diálogo. Muita gente o tem na conta de bom moço.

Daí porque, na avaliação de muitos, ao espancar um senador de quem fora aliado uma vida, compartilhando não somente palanques em períodos eleitorais, mas, também, o projeto de permanência da oligarquia Sarney no poder, AA pode estar seguindo orientações que partiriam da própria cúpula sarneyzista.

Camuflar

Pode até ser que em seu próximo programa Alexandre volte sua artilharia para outra direção, talvez até para camuflar o verdadeiro objetivo da estratégia de minar as chances de Lobão, cuja candidatura segue definhando.  

Cambaleante

A possibilidade de autofagia dentro da cambaleante coligação em torno da candidatura de Roseana Sarney (MDB) é real. A eleição para governador caminha para ser decidida em turno único a favor de Flávio Dino (PCdoB). Na eleição para o Senado, é visível o crescimento dos candidatos da chapa dinista, Weverton e Eliziane já lideram a disputa. 

Escancarada

O fato é que a temporada do “salve-se quem puder” no seio da oligarquia pode ter sido escancarada ontem na propaganda do candidato tucano. 

Aguardemos os próximos capítulos.

  0 Comentários

Rio Piranhas é o nº 1 do Brasil em vendas da Michelin

Por RM

Postado em 17/09/2018 16:57:59



 

O Armazém Rio Piranhas, sediado em Caxias (MA)

A equipe do Armazém Rio Piranhas, representante dos pneus Michelin no Maranhão, sagrou-se a nº 1 do Brasil em vendas dos produtos da renomada marca. Como prêmio, a multinacional sediada em Clermont-Ferrand, na França, e considerada uma das principais fabricantes de pneus do mundo, vai levar o gerente Comercial do Rio Piranhas, Kadson Araújo, para assistir de camarote o GP de Motovelocidade, dia 29 de outubro, na Austrália. E com direito a passar uma semana na terra dos cangurus. 

Sediado em Caxias, o Armazém Rio Piranhas tem à frente o arrojado – e sério! – empresário Pedro Oliveira. O Departamento Comercial é coordenado pelo diretor Eduardo Domitsu e o gerente Kadson Araújo Lima. O Grupo é uma potência empresarial, com uma frota própria de 42 caminhões, é distribuidor exclusivo Castrol e Michelin no Maranhão, dentre outras marcas de destaque no mercado nacional, onde semanalmente entrega os produtos em todo o estado.

O gerente Kadson Araújo Lima, desafio aos aborígenes australianos

Este é o segundo ano consecutivo que o Rio Piranhas fica no topo do ranking de vendas da Michelin no Brasil. Em 2017, a multinacional premiou o gerente do grupo empresarial caxiense, Kadson Araújo, com uma semana no Japão.

Agora, o gerente caxiense diz que vai desafiar os aborígines australianos para uma disputa de braçadas nas caudalosas águas do Rio Murray. 

Brincadeira à parte, o fato é que o sucesso do Grupo Rio Piranhas é motivo de orgulho para o Maranhão, em especial para Caxias.

  4 Comentários

O fenômeno Weverton 123

Por RM

Postado em 17/09/2018 09:41:51



 

Com a eleição de governador encaminhada para ser resolvida a favor de Flávio Dino (PCdoB) em turno único, os holofotes da corrida eleitoral no Maranhão se voltam agora para a disputa senatorial. Faltando 20 dias para o pleito de outubro vindouro, o deputado federal e candidato a senador Weverton (PDT) caminha para sair das urnas como o fenômeno de 2018. 

A disputa senatorial continua embolada, com Weverton tecnicamente empatado na primeira colocação. Até aqui poderia ser nada demais. Entretanto, cumpre lembrar que ele saiu de trás. Sua candidatura está em indiscutível ascendência e observadores experimentados já apontam que o pedetista caminha para sair das urnas como o senador mais votado.

O fato é que Weverton virou o jogo a seu favor. Mas esse posicionamento não chegou por acaso, e nem do dia para a noite. O pedetista trabalhou duro para chegar onde está. Deputado federal atuante, Weverton é o único candidato ao Senado que votou contra o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Tem uma postura clara de oposição ao governo Temer e combateu as medidas que atentavam contra o trabalhador brasileiro. Ele votou contra as reformas trabalhista e previdenciária. E atacou duramente a condenação e consequente prisão do ex-presidente Lula, sob o argumento de violação ao devido processo legal.

E não para por aqui. Weverton é um político diferenciado. Nunca trocou de partido. Entrou no PDT ainda adolescente, e virou líder espelhado em figuras históricas como Leonel Brizola e Jackson Lago. Na Câmara dos Deputados foi líder do PDT. Hoje é líder do Bloco da Minoria - que reúne cerca de 150 deputados federais de diferentes siglas em oposição ao governo de Michel Temer e seus compinchas do MDB - incluindo a oligarquia Sarney.

Se mantida essa trajetória crescente, Weverton será um senador diferente de tudo aquilo que o Maranhão já teve. Ele não vem de família com tradição política. E, finalmente, o governador Flávio Dino terá um senador para chamar de aliado e parceiro. Alguém em quem possa confiar de verdade.

  3 Comentários

Eleição para Senado continua embolada, mas candidatos de Flávio já lideram a disputa

Por RM

Postado em 16/09/2018 07:06:55



A nova pesquisa Exata/JP mostra um cenário ainda disputado em que 5 candidatos brigam pelas duas vagas em jogo neste eleição. No entanto, em relação à pesquisa passada, houve uma alteração nas duas primeiras posições. A dupla de candidatos do governador Flávio Dino, Eliziane Gama (PPS) e Weverton Rocha (PDT), passou a assumir as duas primeiras posições, seguida de perto pela dupla da família Sarney, Edison Lobão (MDB) e Sarney Filho (PV). Zé Reinaldo (PSDB) vem logo atrás.

Eliziane passou de 18% para 27% das intenções de voto e Weverton subiu de 20% para 25%. Ambos aumentaram a intenção de votos além da margem de erro, de 3,3 pontos para mais ou para menos. A mudança ocorreu no período em que começou a propaganda eleitoral. A pesquisa anterior tinha sido divulgada em 26 de agosto, antes do início do horário eleitoral na TV e no rádio.

De acordo com o novo levantamento, feito entre segunda (10) e quinta-feira (13), Lobão (MDB) oscilou de 25% para 24%. Sarney Filho (PV) foi de 24% para 22%. Zé Reinaldo (PSDB) passou de 20% para 18%. Alexandre Almeida (PSDB) tinha 11% e agora tem 10%.

Preta Lu (PSTU) foi de 4% para 3%. Samuel Campelo (PSL) tinha 3% e agora tem 2%. Saulo Pinto (PSOL) passou de 2% para 1%. Saulo Arcangeli (PSTU) e Iêgo Bruno (PCB) mantiveram 1% cada.

Brancos, nulos e indecisos agora são 66%. Antes, eram 69%. Nessa conta, a soma total dá 200%, já que o eleitor vota em dois senadores neste ano.

Votos válidos

Se forem considerados apenas os votos válidos, a disputa fica assim: Eliziane tem 20%; Weverton, 19%; Lobão, 18%; Sarney Filho, 16%; Zé Reinaldo, 14%; Almeida, 7%; Preta Lu, 2%; e os demais, 1% cada.

Nesse caso, a soma chega a 100% porque são excluídos brancos e nulos, como acontece na apuração oficial feita pela Justiça Eleitoral.

Registrada no TSE sob o nº MA-09907/2018, a pesquisa Exata/JP realizou 1.400 questionários na Grande São Luís e nas regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e Central do Maranhão, entre os dias 10 e 13 de setembro. A margem de erro é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiabilidade é de 95%.

Fonte: Kiel Martins

 

  0 Comentários

Weverton e Eliziane podem impor fim definitivo aos clãs Sarney e Lobão

Por RM

Postado em 16/09/2018 06:56:46



No próximo dia 7 de outubro ao definir os seus dois votos para o Senado, o eleitorado maranhense precisa antes de tudo avaliar o significado de sua decisão no conjunto da disputa política, caso queira que o Maranhão supere o atraso e ingresse em um novo período de sua história, com o fim definitivo do regime oligárquico.

Neste sentido, gostando ou não de um ou de outro, é fundamental votar nos dois candidatos da chapa majoritária do governador Flávio Dino (PCdoB), Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) para evitar que, ao final, o seu voto favoreça a quem a princípio pretende combater.

Ciente da enorme rejeição e da raríssima possibilidade de Roseana Sarney retomar o Governo do Estado, as   chances de sobrevivência da oligarquia estão nas candidaturas ao Senado de Sarney Filho (PV); e em último caso na de Lobão (MDB), que não tem o sobrenome, mas carrega o DNA da família.

Com 11 candidatos, duas vagas e dois votos por eleitor, o clã investe na divisão do eleitorado e na individualização das duas principais candidaturas adversárias, como se ambas não estivessem do mesmo lado da competição.

Atraídos por uma espécie de pragmatismo de sereia, os dois representantes da chapa dinista correm o risco de naufragar ao formar dobradinhas divergentes com outros nomes ao Senado em vários municípios, inclusive com Lobão e Sarney Filho.

Dona de um eleitorado cristalizado por anos e anos de poder, a chapa oligárquica contabiliza como vantagem cada voto a menos em um ou outro candidato. 

Ou seja, votar somente em Weverton ou em Eliziane Gama é votar em Lobão e Sarney Filho!

Da mesma forma, votar em Zé Reinaldo (PSDB) é votar em Lobão e Sarney Filho!

É a velha tática, dividir para conquistar!

Ou melhor: para manter a capitania hereditária!

Fonte: Garrone

  0 Comentários

Um líder chamado Rubens Pereira

Por RM

Postado em 15/09/2018 10:23:07



 

Rubens Pereira, o "Rubão", fazendo o que ele mais sabe fazer: interagir com o povo

Chegamos em Matões perto das 17h. O plano era ir direto à casa de Rubens Pereira, o “Rubão”. Na passagem pela principal praça da cidade, porém, o avistamos rodeado de populares. A conversa parecia animada. Assim que percebeu nossa chegada, afastou-se do grupo e foi nos recepcionar. Éramos oito e estávamos em dois carros. Rubens Pereira cumprimentou todos e convidou-nos para juntarmos ao grupo da praça. Pediu cadeira para todo mundo – inclusive para ele, que até então estava em pé com os demais que lá já estavam, umas dez pessoas, mais ou menos.

Logo, Rubens Pereira integrou os recém-chegados  à conversa, mantendo-se atento a cada um que falava, sem deixar de acenar para os que por lá passavam. Na verdade, era fácil perceber que ele era o centro das atenções, só não fazia esforço para que isto ficasse explícito demais. Nesse meio tempo, o pessoal da técnica ajustava o som que seria usado no comício daquela noite com os candidatos Rubens Pereira Jr (PCdoB) e Cleide Coutinho (PDT), respectivamente a deputado federal e estadual, e Suely Pereira, suplente na chapa do candidato ao Senado Weverton (PDT).

Confesso ter ficado impressionado com o Rubão. Desconheço um político com tamanha empatia com os seus eleitores, que chama cada um pelo nome e conversa com eles abertamente, de igual para igual, independente da classe social.

O Comício

 

Deixamos a praça e fomos encontrar o prefeito de Matões, Ferdinando Coutinho. Retornamos às 19h. O espaço estava “topado” de gente animada que cantava e balançava bandeirolas, embaladas pelo locutor do comício. No palanque, Ferdinando Coutinho recepcionava os convidados – lideranças de outras cidades, como a ex-prefeita de Aldeias Altas, Fernanda Bacelar, e os ex-vereadores Ironaldo Alencar (Caxias) e Kedson Lima (Aldeias Altas), dentre outros, cujas presenças foram igualmente anunciadas, mas que não guardei os nomes. Os vereadores de Matões também estavam lá.

Rubens Pereira foi o primeiro orador da noite. Mais parecia uma extensão daquela conversa dele com populares que presenciamos à tarde, naquela mesma praça. Depois falou o prefeito Ferdinando Coutinho. Aí discursaram a suplente do candidato ao Senado Weverton, Suely Pereira – que é mulher de Rubão, mãe do deputado Rubens Pereira Jr e ex-prefeita de Matões. Por fim, falaram os candidatos Cleide Coutinho e Rubens Pereira Jr.

Um telão estrategicamente colocado ao lado do palanque exibia trechos de reportagens nacionais que enfatizavam a atuação parlamentar do deputado federal que enche de orgulho seus conterrâneos de Matões.

Ao final do comício, “Rubão” retornou ao microfone para pedir que todos tivessem cuidado no retorno às suas casas, e encerrou o evento.

Um dia ainda quero contar a história de vida do "Rubão".

Rubens Pereira é de origem humilde. Os pais eram lavradores, ele próprio trabalhou na roça até ficar rapaz. Ficou rico no garimpo, mas não perdeu sua essência. Ajudou eleger seu genitor e sua esposa prefeitos de Matões. Também ele próprio foi prefeito de Matões e deputado estadual. Abriu espaço para o herdeiro, Rubens Pereira Jr – que foi deputado estadual em dois mandatos, e agora é deputado federal, candidato à reeleição.

Rubens Júnior, aliás, é considerado um dos melhores parlamentares do Brasil; um político que honra os mandatos que lhe foram outorgados pelo povo maranhense.

  1 Comentários

Vídeo fofoca: O buzinaço

Por RM

Postado em 14/09/2018 14:59:48



  0 Comentários

Cleide Coutinho e Rubens Pereira Jr são recepcionados com festa pelo povo de Aldeias Altas

Por RM

Postado em 14/09/2018 12:12:56



 

A cidade de Aldeias Altas, distante 33km de Caxias, fez festa na noite desta quinta-feira (13) para celebrar as presenças dos candidatos Cleide Coutinho (PDT) e Rubens Pereira Jr (PCdoB), ela à deputada estadual e ele federal. A calorosa recepção foi organizada pela ex-prefeita Fernanda Bacelar e o ex-vereador Kedson Lima. 

Inicialmente, Cleide e Rubens Jr participaram de uma reunião na casa de Fernanda Bacelar, onde cerca de 2 mil eleitores se acotovelaram para ouvir as propostas dos candidatos que contam com o apoio do governador e candidato à reeleição Flávio Dino (PCdoB).

Cleide Coutinho disse durante discurso que política se faz com grupo e que a palavra empenhada é imprescindível para a consolidação de uma liderança. “Quem me conhece sabe que minha palavra é ouro para mim. Eu e meu marido Humberto sempre honramos a nossa palavra, por isso temos aliados e parceiros que estão conosco há mais de 30 anos. Em Aldeias Altas eu sei que vou trabalhar por muitos anos ao lado de Fernanda e Kedson, pois os dois são aliados amigos e leais, algo raro nos dias de hoje”, disse a candidata.

O deputado federal Rubens Pereira Júnior agradeceu o apoio de todos pela sua reeleição e pediu empenho pela eleição dos candidatos do grupo ao Senado, Weverton (PDT) e Eliziane Gama (PPS). “O Maranhão precisa de senadores novos para oxigenar a nossa presença no Senado Federal. Tenho certeza que Weverton e Eliziane honrarão os nossos votos.”, enfatizou Rubens Pereira Jr.

Para Fernanda Bacelar, esta campanha eleitoral vai desenhar um novo mapa político nos municípios e ela acredita que Aldeias Altas sairá mais fortalecida com a eleição e Cleide e Rubens Pereira Jr. “Nenhum dos dois precisa ser testado, pois ambos têm uma longa lista de serviços prestados ao povo maranhense. Aldeias Altas terá seus representantes na Assembleia e na Câmara dos Deputados.”, enfatizou a ex-prefeita.

Kedson Lima lembrou que reeleger Flávio Dino governador vai aprofundar as mudanças que estão sendo feitas no Maranhão. “Hoje temos um governo que olha para o povo, principalmente para os mais pobres. Por isso o Maranhão tem conseguido suportar os efeitos da crise econômica gerada pela conjuntura nacional, que, se Deus quiser, também estará a nosso favor com o próximo governo federal, que será diferente deste comandado pelo Michel Temer.”, disse o ex-vereador, que foi candidato a prefeito nas últimas eleições municipais.

Carreata 

Após a reunião, todos saíram em carreata pelas ruas e avenidas de Aldeias Altas. Centenas de carros e motocicletas ocuparam as principais vias, seguidas por uma multidão que acompanhou em caminhada. Um buzinaço ecoou pelos quatro cantos da cidade (veja vídeo acima).

  0 Comentários

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Charges

Últimos Posts