Paulo Marinho se movimenta para derrubar Zé Carlos e emplacar PM Jr.

Por RM

Postado em 20/10/2018 09:30:34



Deputado federal Zé Carlos (PT), reeleito com 76.893 votos 

O ex-prefeito de Caxias e deputado federal cassado por corrupção Paulo Marinho parece ter farejado algo que possa servir de esperança para levar o filho, o vice-prefeito Paulo Marinho Jr. (PP), a virar deputado federal, já a partir de janeiro vindouro pela via do tapetão. A história é meio doida, como a maioria das histórias que envolvem a figura paterna, mas merece ao menos ser checada, pois chegou até este redator por meio de uma fonte bem situada no PP do Piauí. E pode sobrar para o deputado federal Zé Carlos (PT), reeleito com 76.893 votos.

Novamente derrotado numa eleição, desta vez para deputado federal, PM Jr. obteve 55.755 votos e restou primeiro suplente da coligação que teve, além de seu partido, PR e PDT. Inconformado com o infortúnio do rebento, Marinho pai manifestou contrariedade com o prefeito Fábio Gentil (PRB) – para quem teria sido o responsável por mais este fracasso urnístico do filho – e tentou uma aproximação com o governador Flávio Dino (PCdoB), chegou, inclusive, a manter conversas com o deputado estadual eleito Adelmo Soares (PCdoB), para quem jurou amor eterno e prometeu apoiá-lo para prefeito em 2020, caso o comunista lhe pavimentasse um caminho até o Palácio dos Leões.

Parece que a estratégia de aproximação com o governador não vingou. No entanto, Marinho pai continuou a busca por um meio qualquer capaz de fazer o filho envergar um mandato de deputado federal já na próxima legislatura. Foi aí que a figura parece ter farejado algo. E é onde entra o deputado federal reeleito Zé Carlos (PT).

A fonte progressista piauiense adiantou que, orientado pelo PP, Marinho pai mandou-se para Brasília levando o filho a tiracolo. Numa fórmula matemática ainda incompreensível para quem está de fora, existiria alguma possibilidade, mesmo que remota, de se tirar alguns votos do PT, por meio de alguma impugnação de algum candidato, ainda que não eleito, diminuindo o quociente eleitoral petista, o que anularia a reeleição de Zé Carlos e daria à coligação de PM Jr. mais uma vaga na Câmara dos Deputados. 

Como dito lá em cima, a história é meio doida. Pero que si pero que no, melhor o deputado federal Zé Carlos e o PT botarem as barbas de molho, pois Marinho pai já teria procurado, inclusive, fontes próximas ao candidato Jair Bolsonaro para pedir-lhe apoio à empreitada em favor do filho, que, em troca, integraria a futura bancada bolsonariana no Congresso Nacional, caso o “Mito” seja eleito presidente da República.

  1 Comentários

Foto fofoca: O mistifório

Por RM

Postado em 19/10/2018 11:23:48



Foto_fofoca__o_mistifório

  1 Comentários

O verdadeiro motivo da derrota de PM Jr.

Por RM

Postado em 19/10/2018 08:58:12



Resultados das eleições derrubam tese de "traição"  

Verdade que a palavra empenhada do prefeito Fábio Gentil (PRB) não vale um vintém furado – o histórico do Cabeludo atesta essa afirmação. Entretanto, diferentemente daquilo que vem sendo cultivado dentro e fora da blogosfera nos últimos dias – aliás, motivado pelos mais diversos interesses, diga-se de passagem –, o mais recente fracasso eleitoral de Paulo Marinho Jr. (PP) não teve como fato determinante nenhuma conspiração, traição ou coisa que o valha arquitetada por quem quer que seja. PM Jr. perdeu para ele mesmo. 

A falta de credibilidade do pai é que foi determinante para mais uma derrota eleitoral na conta de PM Jr. Não custa lembrar que o genitor, ex-prefeito e deputado federal cassado por corrupção, Paulo Marinho, é vulgarmente conhecido pela alcunha de “Paulo Maracutaia” justamente devido a vida pregressa da figura.

Mentiroso contumaz, Maracutaia espalha que familiares do Cabeludo usavam botons do candidato à reeleição Cléber Verde (PRB), durante almoço num concorrido restaurante da cidade, no dia da eleição. Ocorre que não há alma viva na face da terra que ateste a estória do bandoleiro. Não há uma foto, nenhum registro sequer. Nada.

 Realidade

É certo que o Cabeludo não é flor que se cheire quando o assunto é honrar a palavra empenhada. Os exemplos estão aí e são muitos. Mas daí dizer que o mandatário municipal caxiense foi o responsável por mais esse infortúnio eleitoral do aliado, vai uma distância amazônica, que não condiz com a realidade.

Votações

Tanto é que o pai de Cabeludo, deputado estadual eleito Zé Gentil (PRB), teve em Caxias 31.487 votos, enquanto PM Jr. recebeu exatos 30.822 – ambas as votações foram históricas no município. Além de apresentarem números próximos uma da outra.

Credibilidade

O que faltou a PM JR., nesta e em todas as outras eleições que ele disputou e restou derrotado, foi credibilidade. Ninguém que conheça a figura acredita na palavra empenhada de Paulo Maracutaia. Isto inviabiliza qualquer tentativa de apoio eleitoral por meio de acordos previamente firmados.

Campanha 

Daí porque, praticamente não existiu campanha de PM Jr. fora dos limites de Caxias – fato que este redator vinha alertando desde o começo da corrida eleitoral.

Incorrigível

Porém, Maracutaia não seria mais o mesmo se outra postura tivesse, senão aquela de tentar jogar a culpa pelos próprios erros nas costas de outros. A figura é incorrigível, quem o conhece não compra. 

Catinga

E é óbvio que a catinga do pai pega em PM Jr., não tem jeito.

  1 Comentários

Justiça Federal acolhe pedidos do MPF em mais uma fase da 'Operação Sermão aos Peixes'

Por RM

Postado em 18/10/2018 17:27:37



 

Sede do Ministério Público Federal em São Luís (MA)

Após manifestação do Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão, a Justiça Federal determinou a deflagração da 7ª fase da 'Operação Sermão aos Peixes', que investiga o desvio de verbas federais que seriam destinadas à Saúde no Estado do Maranhão.

A representação policial, proposta pelo MPF em 25 de setembro, foi motivada pelas constatações obtidas no inquérito Policial nº 047/2016, instaurado para apurar irregularidades em relação ao desvio de recursos públicos provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS), destinadas pela Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão à Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) Bem Viver, entre os anos de 2009 e 2013.

A investigação identificou a existência de uma organização criminosa especializada em desviar recursos públicos federais do Sistema de Saúde para empresas supostamente de fachada. Investigando as contas de tais pessoas jurídicas, verificou-se que foram utilizadas para o propósito de ocultar a origem dos valores, que eram, em parte, ilicitamente apropriados pelo deputado estadual Antônio Pereira Filho e em parte distribuídos, por meio de pagamentos ilícitos mensais, a uma rede de blogueiros maranhenses, que deveriam influenciar a opinião pública em favor do grupo político integrado pelo deputado e pelo então secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Ricardo Jorge Murad.

Foi constatada também o recebimento de ilícitos por parte do radialista Justino de Oliveira Filho e do músico Luciano Almeida Figueiredo. Além disso, verificou-se que as pessoas jurídicas eram geridas por Emílio Borges Rezende, Plínio Medeiros Filho e, ocultamente, pelo deputado Antônio Pereira Filho, que utilizaram Valdeney Francisco Saraiva da Silva e Flávia Georgia Borges Gomes, respectivamente presidente e tesoureira da OSCIP, como “testas de ferro” para assegurar o desvio de dinheiro público. A responsável pela operacionalização desse desvio era Maria da Conceição de Barros, que detinha o controle dos talões de cheque das pessoas jurídicas utilizadas pela organização criminosa.

A partir disso, a Justiça Federal acolheu parcialmente a representação do MPF e determinou que fossem cumpridos mandados de prisão temporária, busca e apreensão e constrição patrimonial dos citados na investigação, tanto pessoas físicas quanto jurídicas.

Fonte: Ascom do Ministério Público Federal no Maranhão

  0 Comentários

Falta de consenso regional é entrave para criação da UemaLeste, diz governador

Por RM

Postado em 18/10/2018 16:54:59



 

O Centro de Estudos Superiores de Caxias (Cesc/Uema)

Ao participar do programa ‘Ponto e Vírgula’ da rádio Difusora FM de São Luís, retransmitido para todo o estado por um pool de emissoras do interior, o governador Flávio Dino (PCdoB) afirmou, na noite desta quarta-feira (17), que a Uemaleste pode não virar realidade no seu segundo mandato que começa a partir de janeiro vindouro devido à falta de consenso regional e na comunidade acadêmica do Centro de Estudos Superiores de Caxias, da Universidade Estadual do Maranhão (Cesc/Uema). 

Na avaliação do governador reeleito, a criação da UemaLeste ainda não está pacificada na comunidade acadêmica, e o Governo não adotará nenhuma medida que seja contrária a vontade dos principais interessados na questão, no caso alunos, professores e demais servidores do Cesc/Uema, bem como a população regional.

“O advento da UemaSul, lá em Imperatriz e região, mostrou-se exitoso, porém, diferente de Caxias, lá a própria comunidade acadêmica e da região entrou em consenso e decidiu pela criação da universidade regional. O Governo apenas sacramentou o desejo manifestado, consensualmente, pelos legítimos interessados na questão.”, enfatizou o governador.

Ênfase

A discussão sobre transformar o Cesc/Uema, que é uma extensão do campus da Uema em Caxias, numa universidade autônoma, passou a ser discutida com maior ênfase entre a comunidade acadêmica a partir de 2016. De lá para cá, foram realizadas audiências públicas no auditório da própria instituição e na Câmara dos Vereadores, mas nunca se chegou a um consenso.

Polêmicas

Alguns desses eventos foram marcados por polêmicas, como um fórum promovido ano passado pela Comissão Pró-Regionalização do Cesc/Uema no auditório do campus da universidade em Caxias, que terminou com troca de insultos e bate-boca entre a professora Jordânia Maria, do Cesc/Uema, e o presidente da Câmara Municipal de Caxias, vereador Catulé.

Retaliação

Em retaliação à conduta da professora, os vereadores cassaram o título de Cidadania Caxiense de Jordânia Maria que lhe fora outorgado pela própria Casa dois anos antes.

  1 Comentários

Professor Frederico Silva palestra no Palácio dos Leões sobre 110 anos de Arthur Azevedo, na segunda (22)

Por RM

Postado em 18/10/2018 12:53:58



 

Nesta segunda-feira (22), data em que se completa os 110 anos da morte do dramaturgo, poeta, contista e jornalista Arthur Azevedo, o professor adjunto do Departamento de Artes Visuais da UFMA, Frederico Silva, doutor em História da Arte pela ECA/USP, conversará sobre novos aspectos da atuação política, profissional e cultural de Arthur Azevedo. Aberta ao público, a conversa inicia às 15h, no auditório do Palácio dos Leões, em São Luís/MA.

Com apoio da Ufma, via Departamento de Assuntos Culturais da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Empreendedorismo, a conversa é uma realização do Governo do Maranhão. Frederico Silva discorrerá sobre o importante trabalho de Arthur Azevedo como crítico de arte e colecionador, sua luta pela preservação das instituições públicas e seus acervos, transporte público e urbanização e o seu engajamento no combate ao preconceito racial.

A homenagem ao grande dramaturgo maranhense também tem o intuito de debater sobre aspectos pouco explorados da sua trajetória profissional cultural. "A abordagem é fruto das pesquisas de mestrado e doutorado que desenvolvi", disse Frederico Silva. Ao final da conversa haverá uma visita guiada aos salões do Palácio dos Leões, que abriga parte da coleção de pinturas e gravuras de Arthur Azevedo. Pauta: Prof. Frederico: 98 98113 7200.

Fonte: Ascom da Ufma/Departamento de Assuntos Culturais/Proexce

  0 Comentários

Foto fofoca: O guru e o pupilo

Por RM

Postado em 18/10/2018 11:26:02



  3 Comentários

Ricardo Murad é preso pela PF e aprofunda agonia do grupo Sarney

Por RM

Postado em 18/10/2018 10:07:07



 

Sede da Polícia Federal em São Luís (MA)

A prisão do ex-secretário de Saúde do Maranhão Ricardo Murad, na manhã desta quinta-feira (18), aprofunda a crise do grupo Sarney. Murad, que é cunhado da ex-governadora e candidata derrotada nas eleições deste ano, Roseana Sarney (MDB), encontra-se preso na sede da Polícia Federal em São Luís (MA). Logo no amanhecer do dia, agentes da PF estiveram na residência do ex-secretário para prendê-lo em cumprimento a um mandado de prisão, entretanto, ele não foi encontrado no local. Horas depois, o ex-secretário se apresentou espontaneamente. 

Ricardo Murad, cuja candidatura de deputado federal foi impugnada pela justiça na eleição deste ano e não conseguiu reeleger a filha, Andrea Murad, deputada estadual, é um dos investigados em operação que apura desvios de recursos públicos na época em que era secretário estadual da Saúde e exercia forte influência na gestão do quarto e último mandato da cunhada Roseana Sarney à frente do Executivo estadual maranhense.

As ações desencadeadas hoje pela PF fazem parte da sexta fase da ‘Operação Sermão dos Peixes’, chamada de ‘Peixe de Tobias’. As investigações encontraram indícios de desvio de aproximadamente R$ 2 milhões, entre 2011 e 2013 – dinheiro que teria sido desviado do sistema de saúde estadual para uma empresa sediada na cidade de Imperatriz (MA).

A Polícia Federal já sabe que pagamentos mensais eram feitos a blogueiros, que, supostamente, recebiam a propina em troca do silêncio.

O ex-secretário Ricardo Murad poderá ser encaminhado ainda hoje ao sistema penitenciário estadual, onde deverá permanecer à disposição da Justiça Federal.

Até agora nenhum membro do clã Sarney manifestou-se publicamente em apoio ao aliado.

  10 Comentários

Em nota, PDT oficializa apoio à reeleição de Othelino Neto na ALEMA

Por RM

Postado em 18/10/2018 07:36:42



 

Um encontro realizado na tarde desta quarta-feira (17) no apartamento da deputada estadual eleita Cleide Coutinho, que fica no aprazível e luxuoso Two Towers Residence, em São Luís, selou o apoio oficial do PDT à reeleição do deputado Othelino Neto (PCdoB) à Presidência da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (ALEMA).

Coordenados pelo presidente estadual do PDT, senador eleito Weverton Rocha, os pedetistas que formarão a maior bancada na próxima legislatura da ALEMA, com sete parlamentares, entre eleitos e reeleitos, concluíram que o melhor caminho para manter a harmonia entre Legislativo e Executivo no Estado passa pela manutenção do comunista à frente da Casa. 

Na avaliação da deputada eleita Cleide Coutinho, o deputado Othelino Neto foi competente na condução da ALEMA e deu demonstração inequívoca de lealdade e ética quando sucedeu o presidente Humberto Coutinho (PDT), falecido no primeiro dia deste ano, vítima de problemas decorrentes de um câncer no intestino.

“O presidente Othelino foi muito correto com meu marido, comigo e com o meu partido, quando, no final do ano passado, durante agravamento da saúde de Humberto [Coutinho], refutou qualquer possibilidade de se antecipar a sucessão da Mesa Diretora da Assembleia. Isto foi uma prova de lealdade e honradez, pela qual serei eternamente grata. Fora o fato de que Othelino soube dar continuidade ao trabalho de Humberto e, assim, manter uma relação correta e de respeito mútuo entre os poderes Legislativo e Executivo, bem como um ambiente democrático e cordial, respeitando todos os demais 41 deputados, independente de bancada e posicionamentos.”, enfatizou Cleide.

Foi um encontro restrito. Além dos parlamentares pedetistas e do presidente estadual da legenda, apenas estiveram presentes o presidente da ALEMA, deputado Othelino Neto, e o ex-deputado e ex-prefeito de Matões Rubens Pereira, o “Rubão”.

Ao término do encontro, o PDT emitiu nota oficial para comunicar a decisão do partido. Veja abaixo:

Nota 

A direção do PDT e os sete deputados estaduais eleitos pelo partido em 2018 reuniram-se para definir o posicionamento na eleição do próximo presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão. Por entendermos que o atual presidente, deputado Othelino Neto (PCdoB), vem fazendo um grande trabalho, conduzindo com firmeza e democracia a Presidência do órgão, decidimos apoiar por unanimidade sua reeleição para o biênio 2019/2020. 

Cleide Coutinho, deputada estadual eleita

Fábio Macedo, deputado estadual reeleito

Glalbert Cutrim, deputado estadual reeleito

Yglésio Moyses, deputado estadual eleito

Márcio Honaiser, deputado estadual eleito

Rafael Leitoa, deputado estadual reeleito

Ricardo Rios, deputado estadual reeleito

 

Weverton Rocha

Presidente do PDT Maranhão e senador eleito

  0 Comentários

Matões recebe capacitação empreendedora 'Como Desenvolver uma Empresa de Sucesso'

Por RM

Postado em 17/10/2018 16:05:18



 

Realizada pelo Sebrae em parceria com a Prefeitura de Matões, a capacitação conta com mais de 280 empresários e potenciais empresários da região.

A cidade de Matões está recebendo nesta semana a capacitação empreendedora 'Como Desenvolver Uma Empresa de Sucesso'. A ação, promovida pelo Sebrae Maranhão, por meio da Unidade Regional de Caxias, em parceria com a Prefeitura Municipal de Matões e Sala do Empreendedor, acontece no Ginásio de Esportes Vulcanito e segue até o próximo dia 19. Mais de 280 empresários e potenciais empresários estão participando das oficinas que compõem a programação.O objetivo do Sebrae e parceiros é capacitar e gerar sucesso empresarial, por meio de palestras, consultorias, dinâmicas em grupo e construção de um plano de negócio individual.

A abertura oficial aconteceu na noite da última segunda-feira (15) e contou com a presença de representantes do Sebrae e autoridades municipais, entre eles o gerente regional do Sebrae em Caxias, César Guimarães; a coordenadora estadual da metodologia 'Como Desenvolver uma Empresa de Sucesso', Magnólia Everton; o secretário de finanças de Matões, Marcos Vinicius; o agente de desenvolvimento e coordenador da Sala do Empreendedor de Matões, Márcio Santana.

“Nós preenchemos todas as vagas ofertadas e isso mostra que os empreendedores de Matões e região estão sedentos por capacitações e buscam o conhecimento para fazer a diferença nos seus negócios. Essa será uma semana intensa, de muito aprendizado e que fará a diferença na vida desses empreendedores”, disse o gerente regional do Sebrae em Caxias, Cesar Guimarães.

A capacitação é desenvolvida por meio de atividades simultâneas em oito salas, com instrutores individuais em cada uma delas. O curso 'Como Desenvolver Uma Empresa de Sucesso' é uma das soluções oferecidas pelo Sebrae, que permite também aos potenciais empresários vivenciarem na prática diversas situações que fazem parte da rotina de um pequeno negócio.

“Essa é a primeira vez que o município recebe um evento desse porte, reunindo essa grande quantidade de empresários. Acreditamos que investir nos pequenos negócios é fundamental para o desenvolvimento do município e agradecemos ao Sebrae pela parceria e por trazer capacitações que vão mudar a vida dos empresários e a economia do município e região”, disse o secretário municipal de Finanças, Marcos Vinicius, que na oportunidade representou o prefeito Ferdinand Coutinho.

Desde que vem sendo executada, a ação já capacitou milhares de empreendedores, com o objetivo de melhorar cada vez mais os serviços oferecidos pelas diversas atividades desenvolvidas no estado.

“O Sebrae é um grande parceiro dos mais de 180 pequenos negócios existentes no Maranhão e trabalha arduamente para manter essa linha direta com eles. Tem sido uma constante apoiarmos a manutenção das empresas locais e incentivarmos a criação de novos negócios. Queremos continuar prosseguindo na nossa missão institucional em favor das micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais e empreendedores rurais, por entendermos que esta é uma excelente estratégia para dividir riqueza e renda, gerar empregos e melhorar a qualidade de vida para os maranhenses” disse o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.

Fonte: Ascom

  0 Comentários

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Charges

Últimos Posts