A uma semana do Carnaval, programação de Caxias ainda não foi divulgada

Por admin

Postado em 17/02/2017 09:53:20



  0 Comentários

Os jovens e a ingestão precoce de álcool

Por admin

Postado em 16/02/2017 11:01:42



  0 Comentários

Chegada das chuvas exige mais atenção às áreas de risco

Por admin

Postado em 15/02/2017 17:37:47



  0 Comentários

Formação de médicos brasileiros está sob desconfiança

Por admin

Postado em 14/02/2017 09:58:36



  0 Comentários

Inscrições do Fies encerram nesta sexta-feira, dia 10

Por admin

Postado em 10/02/2017 10:35:31



  0 Comentários

Thais Coutinho e Fábio Gentil dão exemplo de civilidade e maturidade política

Por admin

Postado em 09/02/2017 10:23:24



  0 Comentários

Dilma foi única presidente que não indicou para o STF quem ocupava cargo de confiança em seu governo

Por admin

Postado em 08/02/2017 10:12:04



  0 Comentários

Caso Marisa Letícia expôs lado mau das pessoas que comemoraram infortúnio da ex-primeira-dama

Por admin

Postado em 07/02/2017 10:05:49



  0 Comentários

Cheguei aos 50, e agora?

Por admin

Postado em 02/02/2017 13:09:11



 

Sempre achei que eu fosse morrer novo. Pensei que eu viveria, no máximo, até os 30 anos. Talvez por isso que eu tenha vivido de uma maneira tão intensa. Esse meu “achar que morreria novo” deve ter a ver com o fato de meu pai ter morrido jovem demais, com 30 anos apenas.

 

Jamais me considerei imortal – embora eu costume brincar com minha filha Maricota, dizendo que sou um “Highlander”. Mas, admito, meu anjo da guarda trabalhou em regime intenso e integral durante a maior parte de minha vida, sobretudo na juventude, lá pelos idos dos anos 80.

 

Chegar aos 50 é estranho. A cabeça está bem mais jovem que o corpo. Embora as responsabilidades inerentes a quem deixou de ser barco sem rumo para virar porto seguro nos obriguem a mudar antigas concepções e certezas, confesso que estou vivendo o melhor momento da minha vida – parece até “I've had the time of my life”, canção do filme ´Dirty Dancing’, trilha sonora de parte da minha juventude.

 

Se consegui ficar rico, nestes 50 anos? Sim, com certeza! Não no sentido patrimonialista-financeiro propriamente dito. Mas existe riqueza maior do que ter a família que eu tenho; o universo de amigos, muitos deles verdadeiros irmãos; e poder trabalhar com pessoas que se admira e, ainda por cima, naquilo que se ama?

 

Um cara que acorda todos os dias às 04h30 feliz porque vai fazer o que ele ama é dono de uma riqueza imensurável.

 

Por isso, minha eterna gratidão a Deus por ter-me conduzido até aqui de maneira digna e com o coração feliz. Não sei ao certo quanto tempo ainda terei pela frente, mas, seguramente, já vivi mais da metade da minha vida. E ainda assim sei que “eu tenho uma porção de coisas grandes pra conquistar e eu não posso ficar aí parado.”

 

Beijos a todos no coração, e obrigado pelas manifestações de carinho. Amo vocês!

 

 

  4 Comentários

Sinal Verde FM faz um ano e comemora com audiência consolidada em Caxias e região

Por admin

Postado em 02/02/2017 10:20:45



  0 Comentários

Busca no blog

Sobre Ricardo Marques

Advogado (OAB/MA 9572)
Jornalista (904/MA - MTE)
Radialista (3586/CE - MTE).

Charges

Últimos Posts